sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Para ti

Senti mesmo a distância
o aroma retido
algo entre as rosas
reconhecido
que me foi revelado

Sem mais restrições
sem a distância
sem interrupções
algo feminino notado
bem perto
sujeito a finalidades

Sem mais saudade
sem repressões
sem angustia
notei seguramente
que tu vinhas
saindo do mar

Um sonho talvês
levado a sério
vida conjunta;
sem oposição;
tudo perfeito.

leo durval

4 comentários:

manuelly disse...

adorei suas poesias ,linda.vc tm um grande talento........cntnue smpre assim vc vai longe ..........com certeza.bjos........teacher.......manuelly

bombomenfermeira disse...

QUERIDO LEO BOM DIA
PARABENS DEUS QUE CONTINUE TE ABENÇOANDO COM ESSE DOM QUE É SÓ SEU.
PARABENS É IMPOSSIVEL FALAR QUE UM POEMA É BOM,POIS TODOS SÃO
PARABENS E CONTINUE SEMPRE ASSIM
GRANDE ABRAÇO
COM CARINHO BJS SUA FÃ E AMIGA MARIA ROSA
SUCESSO SEMPREEEEEEEE

artemis disse...

querido leo, adorei seus poemas, a cada frase lida percebo a profundeza de uma alma sensível. parabens, que DEUS continue iluminando sua mente sempre. grande beijo.

artemis disse...

oi leo,adorei seu comentário, isso enobrece minha alma e me faz acreditar que no mundo existem pessoas de alma pura como vc. bjs no seu coraçao.