quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Descrição

Como escrever algo a ti?
se sois estas inspiração
se sois a causa que medito

Não sei se for necessário;
necessário realmente é
compor poemas absolutos:
descrever algo que em ti observo:
algo vulgarmente estabelecido;
como observar tua beleza?
verdadeira beleza interior...

Um comentário:

artemis disse...

a inspiraçao ultrapassa a emoção e confunde o obvio...
as palavras rasgam as entranhas e tocam o mais profundo do ser, inebriando a voz da razao.
bjs...