terça-feira, 23 de setembro de 2008

A Lua que era d’Ela

Fiquei abobado
a avistar a lua
no inicio da noite
quão formosa estava

Pedi a Deus
durante a manhã
que pela noite
aquela lua resplandecesse: para ela...

Deus não recusou meu pedido
ofereci aquela lua
a quem tanto amo.

leo durval

Um comentário:

artemis disse...

LUA, parceira eterna dos apaixonados...
feliz de quem tem um poeta pra dedicar lhe todo o esplendor que so ELA tem.