quarta-feira, 4 de março de 2009

Pétalas

Em minhas mãos trago-te algo.
para mim,
apenas para ti

Rosas encantadas
rosas amorosas
rosas e rosas

Escrevo nelas palavrinhas
bordadas
escritas
desenháveis sentimentos.

Em ti,
apenas sonetos.


leo durval

2 comentários:

Conceição Duarte disse...

Que delicadeza seus versos! Dsenhar nas pétalas das rosas palavrinhas... Lindo lindo!
CON DUARTE

DALVANI disse...

não ha nada mais puro e cativante que seus versos...
adoro cada palavrinha e qd vem em forma de rosas, hummmmm...
parabéns léo.bjs.