terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Pensamento



Quando há algo a viver?
os olhos estarem vazados
a mente está despertada
músicas imagino
mesmo em seguimentos
numa praia deserta
eu já sabia meu Deus
que senso porque existo

Já meus olhos de águias
pequenino em meio a palavras
palavras estas grandiosas
bem mais do que alguém

A levesa de seus
sig-
-ni-
-fi-
-ca-
-dos
me contentam
aos pés no chão
visualizo metáforas
sem medo

Com desespero
não se resolve nada
com loucura
a mente não irá lucidar
algo bom
é saber amar
mais que pensamentos.

leo durval

3 comentários:

Lúh disse...

Coração... cérebro...
Razão... emoção...
A razão nos limita mas produz a sabedoria lógica...
A emoção abre o mundo, a alma... e produz a sabedoria da vida...
Nem sempre apreciada... Mas que produz uma vivência e experiência singular...

DALVANI disse...

o imaginário é mais grandioso que todas as razões... mais veloz que os olhos de uma águia, desconhece limites,ultrapassa fronteiras,e dar vazão a todas as emoções da alma.

Graça Graúna disse...

Leo, poetamigo: algo de bom é o que sugere também a sua poesia. Em tempo, grata pela visita ao meu modesto blog. Bjos.Graça Graúna